//
Arquivo

Archive for

Censurar Ted é como voltar a ditadura

Uma das formas mais torpes de abuso de autoridade é a censura. Nos tempos da ditadura era comum jornais brasileiros virem com espaços em brancos ou com receitas de bolo para substituir notícias consideradas subversivas por incautos e incultos militares. Músicas como Bárbara, num disco ao vivo de Chico e Caetano tem aplausos histéricos para … Continuar a ler

A praça

Em “Muito Além do Jardim Botânico”, Carlos Eduardo Lins e Silva faz um estudo sobre a audiência do Jornal Nacional e sobre seu reflexo em duas comunidades (uma no sudeste e outra no Nordeste). O autor constata que a credibilidade das notícias veículadas no jornal global passavam por crivos como a igreja, os amigos e … Continuar a ler

As coisas mais chatas do mundo

Existem coisas que são muito mais do que chatas, nasceram para serem chatas. Chatice é, no mínimo, o melhor adjetivo que tais coisas poderiam ter, não havendo outro, em hipótese alguma, que chegasse aos pés do que poderia ser… Um dia comecei a fazer a lista das coisas mais chatas do mundo. As cinco coisas … Continuar a ler

Pornografia na TV

A Liga, o melhor programa da TV aberta e comercial atualmente no Brasil, escolheu o dia do Sexo (06/09) para tratar de um tema bastante controverso: a indústria do sexo. O programa, que tem se destacado por abordar assuntos que geralmente são ignorados ou mascarados pela grande mídia, consegue conciliar informação de qualidade e abordagem … Continuar a ler

Eu não tolero os gays

André Alves* – Recebi hoje um twitter da Revista Época que transcrevo literalmente: Criança vê um casal gay pela primeira vez e dá lição de tolerância » http://glo.bo/naJDpU (no @bombou). Eu achei um absurdo porque eu não tolero os gays! Eu tolero meu vizinho que escuta música muito alta e que me atrapalha na concentração … Continuar a ler

A Outra História Americana

É triste perceber que depois de quase 15 anos o enredo de A Outra História Americana continue tão atual… no Brasil, em várias partes da Europa e nos Estados Unidos. Dirigido por Tony Kaye no primeiro grande papel de Edward Norton o filme mostra a trajetória Derek, um skinhead que após matar friamente dois negros … Continuar a ler

O jornalista e o crítico de cinema

Dizem as más línguas que entre os caras mais chatos do mundo estão os ambientalistas e os críticos de cinema. É claro que eu não concordo muito com isso, pois não sou nem um nem outro. Ou antes, sou um jornalista especializado na área ambiental e um crítico “amador” de cinema que há cinco anos … Continuar a ler

Jornalismo e travestis

A sexualidade anda em alta na mídia. Nem tanto pelos apelos sexuais de programas como Big Brother ou a publicidade que explora o corpo feminino, mas sim pelas recentes discussões sobre homossexualidade bissexualidade. O cantor Nando Reis assumiu há pouco sua bissexualidade do mesmo modo que tempos atrás a cantora Preta Gil. O Supremo Tribunal … Continuar a ler

O Clube do Filme

Estava interessado em ler este livro já tem um tempinho até que ganhei de Natal da minha esposa. Um presente e tanto pois unem várias paixões: literatura, paternidade, cinema. Além disso, o autor (canadense) David Gilmour é homônimo do vocalista do Pink Floyd. E principalmente, claro, porque foi presente do meu amor. Como literatura, é … Continuar a ler

Querido e Devotado Dexter

Dexter é o segundo serial killer de ficção mais famoso do mundo. Depois de ter assistido as quatro primeiras temporadas da série homônima da TV e estar acompanhando com entusiasmo a quinta, nada mais natural do que ler os livros que lhe deram a origem. Comecei pelo segundo livro, Querido e Devotado Dexter, que ganhei … Continuar a ler