//
Você está lendo
Crônicas

Vacinar é preciso, mas onde em Cuiabá?

O dia D da vacina contra a paralisia em Cuiabá foi adiada do dia 15 para o dia 22 de agosto devido a uma obra da companhia de abastecimento de água, que poderia prejudicar a ação. No dia 22 até onde eu sei tudo correu normalmente e as crianças que compareceram aos postos foram vacinados.
Eu e minha esposa não levamos nossa filha naquela data, mas ficamos relativamente tranquilos, pois a informação pública era de que a campanha se estenderia até o dia 31 de agosto, próxima segunda-feira.
Na manhã de ontem resolvemos levá-la para vacinar. Fomos ao posto do Residencial Paiaguás onde fomos informados que a vigilância sanitária recolhera as vacinas de lá devido a oscilações de energia no local no dia anterior.
Seguimos então ao posto do Despraiado e a informação era de que não tinha vacina, mas que ia ter na segunda. Ou na terça. Ok, paciência, vamos a um terceiro posto, desta vez no Quilombo. A informação – adivinhem – é que não tinha vacina. O motivo era não ter geladeira ou estar aguardando uma vistoria para poderem aplicar vacinas. “Parece”, disseram, “que tem vacina no posto do Santa Rosa”.
Bom depois de comparecermos em três postos seguidos, decidimos deixar para hoje. Entramos em contatos com vários postos de saúdes que ficam relativamente próximos ao trajeto casa – escola – trabalho, mas sem sucesso em saber onde encontrar o produto. Recorremos então a amigos que nos orientaram a ir à policlínica do CPA. Queríamos, claro, antes ligar para confirmar se a informação procedia, mas infelizmente ninguém atendia o telefone.
Insistentemente fomos ao posto hoje cedo e… não conseguimos vacinar nossa filha. Desta vez a funcionária acusou o governo do Estado de atrasar a entrega das vacinas, mas que a vacina iria chegar “parece” em uma ou duas horas, mas a gente poderia voltar outro dia, pois a vacina estaria nos postos mesmo após o período de campanha do Ministério da Saúde. Uma mulher que também percorreu alguns postos com sua netinha saiu da policlínica esperançosa, pois havia sido informada que “parece” que no Rotary estará sendo feita a vacinação neste sábado.
Quando uma ação que é articulada nas esferas federal, estadual e municipal não funciona “parece” que há falta de vontade em alguma esquina. Ou eu e centenas de pessoas – ou talvez até milhares – somos apenas azarados, mesmo!

Anúncios

About André Alves

jornalista e blogueiro

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: